Breve introdução à linha de comandos / terminal

Forum Forums General Other Languages Portuguese Breve introdução à linha de comandos / terminal

  • This topic has 0 replies, 1 voice, and was last updated Sep 29-5:45 am by PPC.
Viewing 1 post (of 1 total)
  • Author
    Posts
  • #42339
    Member
    PPC

    Uso básico da linha de comandos (terminal)

    Hoje em dia, todos estamos habituados a interfaces gráficos, já quase não escrevemos, clicamos em botões de rato ou deslizamos os dedos em ecrãs tácteis.
    Genericamente falando, utilizar interfaces gráficos é tão intuitivo que a maioria das pessoas adora fazê-lo e detesta ter que “escrever comandos”.
    Contudo, utilizar a linha de comandos não é coisa, nem de hackers, nem de utilizadores de gerações mais antigas.

    Muitas vezes, saber usar a linha de comandos é mais produtivo do que clicar repetidamente em ícones.
    Quer um exemplo?
    O comando para criar uma pasta nova é o “mkdir” (de “make directory”)- vá lá linha de comandos e experimente criar uma pasta com esse comando:
    mkdir test1
    Abra um gestor de ficheiros/arquivos e veja na sua pasta “home”- surgiu uma pasta com o nome test1
    Provavelmente pensa que seria mais rápido e intuitivo criar uma pasta clicando com o botão do rato e escrevendo o nome dela, certo? Talvez
    Mas… e se quiser criar muitas pastas ao mesmo tempo? Por exemplo, pastas com os nomes do mês, para armazenar documentos, fotos, etc?
    Tem que clicar doze vezes com o botão do rato, escolher doze vezes a opção para criar uma pasta, e escrever o nome de cada mês, tendo sempre atenção de não se esquecer ou repetir um mês…
    Na linha comandos é um único comando:
    mkdir janeiro fevereiro março abril maio junho julho agosto setembro outubro novembro dezembro

    Então, qual das duas maneiras parece mais complicada?

    Este exemplo mostra que, muitas, muitas vezes, a maneira mais simples e eficiente de fazer algo nem sempre é aquela a que estamos habituados, nem a mais “bonita”

    Se eu gosto de usar o terminal? Não. Mas uso muitas vezes, para poupar tempo…

    – Dicas essenciais:
    Os sistemas Linux são geralmente muito seguros e têm uma garantia contra utilizadores distraídos ou que não sabem o que estão a fazer: tudo o que for alterar alguma parte importante do sistema, só pode ser executado em modo “root” (de “administrador”), e necessita de uma password!
    Se alguma vez se perguntou porque têm que estar sempre a introduzir a password- agora já sabe- para evitar que um utilizar mais desconhecedor, com más intenções, ou uma criança, possa danificar o seu sistema.

    Nota: uma vez introduzida a password, ela fica “em memória” algum tempo, durante alguns minutos, sempre que executar algum comando em modo de administrador, não será necessário introduzir a password, para evitar estar a fazê-lo repetidamente quando está a configurar o seu sistema.

    -Como executar comandos em modo root (Administrador):
    Há várias maneiras. A mais comum é colocar, antes do comando que tem que ser executado em modo root, o comando “sudo” (de “su” – SuperUser + “do”- fazer)

    Alguns dos comandos mais importantes que podem ser feitos em modo de root (administrador) são os seguintes:

    – Actualizar o seu sistema
    A actualização de um sistema baseado em Debian, que tem como gestor de pacotes o “apt”, como é o caso do antiX é feita em dois passos. Primeiro actualiza a base de dados para saber quais as versões mais recentes dos pacotes (ficheiros/arquivos) do sistema que estão disponíveis na Internet (a isso chama-se update) e depois, se desejar pode fazer a actualização desses mesmos pacotes propriamente dita (upgrade):
    ` sudo apt update
    sudo apt upgrade`

    Nota: pode juntar dois ou mais comandos, de modo serem executados um após o outro, colocando “&&” entre eles, tudo na mesma linha. No caso em concreto:
    sudo apt update && sudo apt upgrade

    – Pesquisar aplicações e instala-las:
    Veja o exemplo disso no ponto n.º 13 do artigo https://www.antixforum.com/forums/topic/como-instalar-aplicativos-software-no-antix-versao-2020/

    “apt list” – lista todos os pacotes instalados no seu sistema.
    “apt search [nome_ou_descrição_do_pacote] – lista o pacote que poderá instalar no seu sistema, juntamente com a sua versão e uma breve descrição.

    – Remover aplicações:
    Existem duas possibilidades:
    1-remover a aplicação mas manter as informações da sua configuração, de modo a que, se a quiser voltar a instalar, irá funcionar com as mesmas exactas configurações que tinha antes:
    sudo apt remove [pacote]

    2- remover completamente a aplicação, incluindo as suas informações de configuração:
    sudo apt purge [pacote]

    Exemplos:
    Mais uma vez, a vantagem da linha de comandos é poder automatizar, permitindo instalar ou desinstalar vários pacotes de uma vez. Grave um ficheiro de texto com a lista de todos os pacotes que deseja instalar no seu computador e depois copie esse comando para a linha de comandos! A instalação é completamente automatizada, não tem necessidade de seleccionar o que quer instalar, um pacote de cada vez.
    sudo apt install [pacote1] [pacote2] [pacote3]

    Scripts
    Scripts são maneiras de automatizar várias ordens ao computador. Lembra-se de eu ter dito que podia guardar uma lista dos ficheiros que quer instalar num ficheiro, para usar mais tarde ou noutro computador?
    se gravar um ficheiro de texto com o conteudo do comando que pretende executar e o tornar executável, basta clicar nesse ficheiro e executa-lo e o sistema, automaticamente realiza toas as ordens que encontra nesse sistema.
    Entedemos melhor as coisas com exemplos.
    Vamos instalar jogos básicos: Paciencia e Campo minado, os dois ao mesmo tempo (serão instalados muitos mais pequenos joquinhos):
    sudo apt install games-card games-minesweeper

    Agora queremos criar um script para poder fazer o mesmo no computador do nosso pai, do nosso vizinho, etc…

    Abra um ficheiro de texto vazio. Copie, lá para dentro o conteúdo:
    sudo apt install games-card games-minesweeper
    Agora grave o ficheiro, na sua pasta home, com o titulo “instalar_jogos.sh”
    Navegue até o seu ficheiro, com o SpaceFM, clique nele com o botão direito do rato > Propriedades > Permissões (ou, em alternativa, selecione o ficheiro e prima CTRL+P
    Selecione, com um pisco, todas as caixas da coluna com a opção Executar/Execute e clique no botão “OK”
    Agora, se clicar no ficheiro instalar_jogos.sh, com o botão direito do rato, deverá ter a opção de executar o comando automaticamente…
    Mas se o tentar fazer após a sua password de sudo expirar, irá dar-se conta que, pura e simplemente, nada é instalado! A explicação é simples- para executar o comando tem que estar em modo “sudo”, com uma password válida. Se executar um script via linha de comandos ele irá funcionar, pois o terminal irá pedir-lhe que introduza a password… Quer poder executar o seu programa de instalação apenas com um clique no ficheiro .sh? é simples. Edite o seu conteúdo e, onde diz “sudo” substitua por “gksudo” (que é uma janela que abre para pedir ao utilizador para introduzir uma password. O ficheiro ficará com este conteúdo:
    gksudo apt install games-card games-minesweeper
    Pode clicar nele à vontade, que, se necessário para proceder à instalação, uma janela irá surgir no ecrã, a para introduzir a mesma!
    Mas… Como saber se a instalação foi concluida? Na linha de comandos conseguimos ver o resultado do comando, mas executando-o via “ícone” não!
    Podemos adicionar uma pequena janela clicável no fim, a avisar quando tudo estiver concluído:
    gksudo apt install games-card games-minesweeper && yad
    Clique em qualquer botão dessa janela, serve apenas para indicar que o processo concluiu…
    Se desejar uma janela de aviso mais bonita:
    gksudo apt install games-card games-minesweeper && yad --text="Procedimento terminado" --center

    E pronto, já aprendeu a fazer o seu próprio script! Pode adaptar os comandos a executar para fazer praticamente tudo o que desejar…

    NOTA: scripts desconhecidos podem ser perigosos- em termos leigos, com um simples comando, podem apagar toda a informação no seu disco! Tenha muito cuidado com os scripts que executa!!!

    P.

    • This topic was modified 8 months, 3 weeks ago by PPC.
    • This topic was modified 8 months, 3 weeks ago by PPC.
    • This topic was modified 8 months, 3 weeks ago by PPC.
Viewing 1 post (of 1 total)
  • You must be logged in to reply to this topic.